Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Aos neófitos - Como estudar a Bíblia


Neófito - pagão recém-convertido ao cristianismo; novo convertido ou cristão-novo.

Na história da igreja, temos visto várias interpretações errôneas que produzem ideia heréticas.


Por isso, existem recurso para que cada um possa interpretar a Bíblia de modo correto, sem ser obrigado aceitar uma interpretação oficial de uma igreja.

É obvio que alguns querem interpretá-la com seu próprio entendimento, como se Deus não fosse parte deste processo.

Daí o fato de alguns lerem a Bíblia e chegarem a conclusões  equivocadas, tais como:
Não existe a Trindade.
Espíritos de homens podem interceder por nós.
O diabo é bom.
É lícito fazer imagens, etc.
Por isso devemos fazer a correta interpretação do texto, contexto, época, dispensação, propósito, etc.

Continua.

Ninguém faz direito até que nós tenhamos de fazer

É fácil criticar os outros quando estão fazendo algo que julgamos fácil.

Julgamos...

Entretanto, como a vida dá voltas a nossa vez de fazer acontece.

Aí percebemos que não será tão fácil como dizíamos que era.

Muitas pessoas criticam líderes, obreiros, pastores ou qualquer figura que esteja em evidência. Julgam-se os donos do conhecimento supremo, mas estão enganados.

Para fazermos tão bem como achamos que deva ser feito o custo e esforço são altíssimos, manter tal padrão por muito tempo não é para qualquer um. Principalmente para os murmuradores.

Devemos com humildade reconhecer o esforço de cada um até porque os limites de cada um variam, o senso de "bem feito" para cada um é muito relativo.

E nos lembrarmos de que como julgamos, também somos julgados por outros.

Busquemos a humildade e dispostos para dar apoio para ajudar que estiver fazendo. Semeando o bem, colhermos o bem.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Maná e Pedra

"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe."
Ap 2.17

O "maná escondido" simbolizava (Êx 16.14-15), aqui, o privilégio incomparável que todos os cristãos têm de participar da grande festa celestial e messiânica chamada "a ceia das bodas do Cordeiro".

Um alimento divino disponível ao crentes no Senhor, em contraposição ao que é oferecido aos seguidores de líderes da estirpe de Balaão (Sl 78.24).

Os juízes da época costumavam usar uma pedra branca para votar em benefício do réu. Na antiguidade, os escravos que conseguiam a alforria, ganhavam uma pedrinha branca como "atestado" de sua liberdade.

Aqui, o simbolismo sugere um "ingresso", patrocinado por Cristo, para a grandiosa solenidade das suas bodas com a Igreja.

A salvação é uma convicção pessoal, verdadeiramente conhecida apenas entre o crente e o Senhor.

Vale a pena manter esta convicção viva todos os dias em nosso coração para que num pisar de olhos estejamos na presença do Senhor.

Devocional do Dia - Não há escapatória

"Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para fazer o mal."
Ec 8.11

O sábio Salomão dentro de seu conhecimento e vivência afirma coisas que Jesus e Paulo afirmaram séculos depois - a condenação ao ímpio e pecador é certa, uma hora ela virá.

Paulo afirma em Romanos logo no primeiro capítulo que, Deus vê a impiedade do coração do homem e seu desejo por ela, que Ele permite que alimentem-se cada vez mais do mal, pois abrevia o juízo preparado para eles.

Deus é amor, mas o amor não impede a operação de sua justiça.

Entretanto, assim com a certeza bíblica que o pagamento pelo mal virá de forma inevitável, o galardão celestial separado para os cristãos fiéis também é inevitável.

No juízo haverá dois pagamentos, e se cumprirá o que Paulo disse "o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito é a vida eterna".

Deus te abençoe e bom dia.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Um privilégio a todos que quiserem!

"E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim."
Jo 12.32

Aqui não temos o universalismo (a salvação de todos), mas a oferta do evangelho a todos, sem distinção - atraindo pessoas de todos os tipos para Ele.

Alguns não desejarão receber Jesus, mas todos os que o fizerem terão o direito de serem feitos filhos de Deus (Jo 1.12).

O termo "atrair" tem haver com o fato de que só os que forem "atraídos" por Ele encontrarão a tão sonhada salvação.

Jesus comprou a salvação da humanidade, pagou o tão alto "preço de sangue", mas o homem só alcança tal salvação se crer verdadeira e inteiramente no Salvador, o Senhor Jesus Cristo.

Distorção das Escrituras - Mc 16.18

"Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão."
Mc 16.18

Em 1910, depois de ler Marcos 16.18, George Went Hensley introduziu a prática de manipular serpentes em igrejas de toda a região apalachiana.

Embora esta passagem seja parte do trecho final do Evangelho Segundo Marcos, que é considerado por alguns como não original, a maior parte da Igreja, por dezoito séculos, a teve como autorizada.

Logo, se ela for interpretada literalmente, alguém esperaria ouvir que os primeiros cristãos atenderam às palavras sobre "pegar em serpentes".

Não existe nenhuma evidência de que isto alguma vez aconteceu, ainda que o apóstolo Paulo, quando atacado por uma víbora venenosa tenha sido protegido.
At 28.1-6 - "E, havendo escapado, então souberam que a ilha se chamava Malta. E os bárbaros usaram conosco de não pouca humanidade; porque, acendendo uma grande fogueira, nos recolheram a todos por causa da chuva que caía, e por causa do frio. E, havendo Paulo ajuntado uma quantidade de vides, e pondo-as no fogo, uma víbora, fugindo do calor, lhe acometeu a mão. E os bárbaros, vendo-lhe a víbora pendurada na mão, diziam uns aos outros: Certamente este homem é homicida, visto como, escapando do mar, a justiça não o deixa viver. Mas, sacudindo ele a víbora no fogo, não sofreu nenhum mal. E eles esperavam que viesse a inchar ou a cair morto de repente; mas tendo esperado já muito, e vendo que nenhum incômodo lhe sobrevinha, mudando de parecer, diziam que era um deus."
As "serpentes" podem ser uma alusão tipo de males que o inimigo pode atacar os cristãos no decorrer de sua missão da evangelização.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Pedintes

"E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam."
At 3.2

Pedinte, esmoleiro, mendicantes, mendigos, mordedores e outros sinônimos para a ação de pedir que algo a alguém e esperar que de forma gratuita e altruísta seja dado o benefício do solicitante.

Não é errado dentro da medida de nossas possibilidades ofertar a um necessitado, muito pelo contrário é uma ação que deve ser praticada. Fazer o bem ao próximo deve ser um componente de nosso caráter.

Não vou entrar na seara dos que aproveitam-se da boa vontade das pessoas, isso não é o foco deste texto apesar de isso ser muito frequente.

O foco desta dissertação é que existem pessoas que se acostumaram com a viver com apenas aquilo que os outros lhe dão.

O coxo precisava de uma cura física, é fato, para libertar-se de sua condição que o impedia de participar da força ativa de trabalho em Jerusalém e também de participar das atividades do Templo devido a sua mobilidade reduzida.

Ele foi criado a vida toda recebendo a instrução de como mendigar, não haveria outro jeito para ele. Pois é, não havia até que os discípulos apareceram com um poder sobrenatural capaz de romper as ataduras da física humana.

Com uma voz de poder ele foi curado não só da mendicância, mas do status de incapaz podendo agora adorar dentro do Templo que ele havia passado a vida de fora.

É isso que o Evangelho de Cristo faz, ele liberta o homem daquilo que o impede de adorar a Deus.

Para ficar sabendo

Clique na imagem para ver maior

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

O Cristão e as Seitas

Características em comum das seitas

a. Ter como fonte de doutrina não só a Bíblia, mas outra literatura (Dt 4.2; Ap 22.18,19).

b. Tirar a divindade de Jesus (Jo 1.1; Hv 1.9; Tt 2.13).

c. Pregam a auto salvação ou reencarnação (Hb 9.27; Jo 14.6).

d. Dividem a fidelidade entre Jesus e a organização (At 4.12; 1 Co 3.11).

A Bíblia fala de muitos crimes contra si mesma
Alguns a corrompem (2 Co 2.17).
Invalidam-na (Mc 7.9-13).
Rejeitam-na (Jr 8.9,10).
Tropeçam nela (1 Pe 2.8).
Distorcem-na (2 Pe 3.16).
Questão: Devo conferir na Bíblia tudo o que o pastor disser?

Resposta: SIM.

Reflexão de Segunda-Feira


Nem todo mundo está preparado para te ajudar sem causas mais transtornos.

Boa semana.

domingo, 17 de setembro de 2017

Devocional do Dia - 1/100

"E Chegavam-se a ele todos os publicanos e pecadores para o ouvir. E os fariseus e os escribas murmuravam, dizendo: Este recebe pecadores, e come com eles. E ele lhes propôs esta parábola, dizendo: Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove, e vai após a perdida até que venha a achá-la? E achando-a, a põe sobre os seus ombros, jubiloso; e, chegando a casa, convoca os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida. Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento."
Lc 15.1-7

A parábola proposta por Jesus os fariseus e escribas demonstra o ponto cego da visão deles, os perdidos.

Ao exemplificar em um pastor e suas ovelhas, Jesus fala uma forma que eles entenderiam, ser pastor era algo comum em Israel.

O zelo por cada ovelha é notório, cada um tinha um valor e era um algo investimento para estar solto e sem vigilância. Os alvos dá parábola provavelmente entendiam a parte financeira, mas Jesus vai agora a parte ignorada.

De 100 ovelhas, uma fica para trás não se sabe onde, e agora o que fazer?

O pastor não pensa duas vezes, deixa as 99 em segurança e sai atrás da perdida mesmo sem saber seu paradeiro.

Isso é o amor aos perdidos que era ignorado.

Os pobres e pecadores estavam morrendo ao redor deles e eles não se preocupavam.

E nós estamos também deixando-os morrer ou estamos falando a respeito do bom pastor?

Bom dia.

sábado, 16 de setembro de 2017

Reconhecer

"E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração."
Jr 29.13

Quantas vezes nós temos em nós que não precisamos de ninguém mais, que só nós damos conta dos problemas?

Ou, quantas vezes nos ofereceram ajuda, mas a arrogância nos fez nega-la para não parecermos incapazes ou fracos?

Várias é a resposta mais correta!

O homem natural não compreende que precisamos sempre uns dos outros e da presença do Senhor em nossa vida. Ignorar isso é deixar até de ir ao céu em alguns casos.

Como Igreja precisamos uns dos outros em oração, intercessão, adoração e louvor.

Como Igreja eu preciso do Espírito Santo para ser transformado dia após dia.

Como Igreja eu não vou ao céu sem Jesus!

Precisamos reconhecer e procurar aquele que pode nos ajudar, seja um irmão, seja uma igreja, seja o Senhor.

Pense nisso.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

O Cristão e as Seitas

A respeito de interpretações errôneas, vejamos no Evangelho de Marcos como exemplo as mais comuns são:

a. Texto fora do contexto
Examinar um texto bíblico fora de todo o texto que o envolve.
Ex.: Mc 10.18 - "E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus."
Conclusão: Jesus não é bom.
b. Texto fora de contexto da época
Não saber por que o texto está expresso de tal modo.
Ex.: Mc 10.25 - "É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus."
Conclusão: Nenhum rico entrará no céu.
Exitem no mundo aproximadamente 3000 seitas e a Bíblia contraria a todas!

Continua.

Já disse isso para alguém hoje?


Oremos e intercedamos uns pelos outros como Jesus faz por nós diante do Pai.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

O Cristão e as Seitas

Não conhecer a Bíblia é um grave erro, e grande parte do povo não sabe disso
Mt 22.29 - "Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus."
At 13.27 - " Por não terem conhecido a este, os que habitavam em Jerusalém, e os seus príncipes, condenaram-no, cumprindo assim as vozes dos profetas que se lêem todos os sábados."
Veremos alguns erros comuns dos quais se originam algumas seitas e suas consequências.

Religião é todo o sistema filosófico que prega ideias teológicas. Existem, portanto, muitos movimentos que se dizem não religiosos, mas o são.

Seita é todo o sistema religioso que não aceita Jesus como Deus ou confessa crenças estranhas à Bíblia (visão protestante).

E quase que invariavelmente as seitas tem a sua própria interpretação das Escrituras Sagradas, sendo que com incoerências nos pontos fundamentais do sistema de crenças (salvação, justificação, vida eterna, etc.).

Continua.

Devocional do Dia - Filhos

"Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão."
Sl 127.3

Todos somos filhos, conhecendo ou não os pais somos filhos.

Todos nós somos benção de Deus na vida de alguém.

Isso prova a misericórdia de Deus para com a humanidade, Ele dá "sua herança" tanto a justos com a injustos.

Muitos de nós já somos cobertos com tal benção e temos filhos, outros ainda não a possuem por não estarem em situação de receber ou por não querem tal benção.

Até mesmo a estéril, rogando a Deus por filhos é atendida.

Deus não nega esta benção a ninguém que a busca. 

Entretanto, como filhos devemos agir como benção na vida de nossos pais honrando-os, esse é o primeiro mandamento com promessa.

E falando de paternidade, Jo 1.12 nos diz que quem aceita a Jesus deixa o status de criatura de Deus para o de filho de Deus.

Já pensou em ser uma benção nas mãos de Deus?

Isso está diante de nós todos os dias, a escolha de ser uma benção ou não.

Pense nisso e bom dia.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Notícias Obra Missionária - SEARA Itália

"Graça e paz a todos amados irmãos.

Estou escrevendo para compartilhar nossas notícias e pedir as vossas orações.

Como sabem, estou enfrentando um longo e complicado problema na coluna e no nervo ciático. Fiz um tratamento com injeções e continuo com comprimidos, além de estar fazendo fisioterapia diária, mas o problema permanece e tem limitado muito meus movimentos e atividades.

Estou proibido de dirigir e tenho que permanecer em repouso, de modo que, estou tendo que cancelar todas as agendas deste mês e colocando em suspenso as do próximo mês, até que esteja em condições de retornar as minhas atividades regulares.

Este tem sido um longo, custoso e penoso processo, mas sabemos que Deus está no controle de todas as coisas.

Contínuo contanto com as orações e apoio de todos amados irmãos.

Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique"

--------------------------
Oremos pela missão SEARA Itália e pelo Pr. Paulo Henrique.

"Sinais"

"E saíram os fariseus, e começaram a disputar com ele, pedindo-lhe, para o tentarem, um sinal do céu. E, suspirando profundamente em seu espírito, disse: Por que pede esta geração um sinal? Em verdade vos digo que a esta geração não se dará sinal algum. E, deixando-os, tornou a entrar no barco, e foi para o outro lado."
Mc 8.11-13

Muitos estão atrás de sinais por todos os lugares, furações, tufões, tsunamis, água que recua, água que vai, oscilações nos astros, paralíticos que andam, contas que são pagas e muitos outros "sinais" que são buscados pelos incrédulos.

Creio na promessa de Cristo que haveriam sinais que antecederiam sua volta para Igreja, mas a questão aqui é que os fariseus não criam em nada daquilo que Jesus fazia. Eles o incitava a ceder as pressões deles.

Eles estavam interessados em ver "circo" do que "poder", queriam julgar a Jesus como o "messias" ou por sinais externos, com isso desprezando o que ele fazia no interior das pessoas.

Hoje, muitos estão com um farisaísmo de desvelado, querem que caia fogo do céu para que creiam. Uma geração de pessoas sendo ensinada a ir atrás do que podem ver, isso contrária completamente o conceito de fé que nos conduz aos céus.

O versículo 13 vaticina algo real, mas real. Os que agem como os fariseus serão "deixados" por Cristo. Não terão parte no arrebatamento!

Busquemos servir a Jesus, o objetivo tem de ser o de ir ao céu, apenas crendo naquele que é maior do que qualquer sinal.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Em nós sempre dói mais

Não reclame, não está fácil para ninguém.
"Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor."
Tg 5.10

Sempre achamos que o nosso sofrimento excede o de qualquer um.

Reclamamos muito das dores, mas esquecemos que reclamos das pernas por que as temos, reclamamos do trabalho por termos um emprego, reclamamos que somos fracos esquecendo-nos que a "alegria do Senhor é a nossa força" (Ne 8.10c).

Reclamamos muito do que temos, imagine se nós nos preocupássemos em ir para o céu como nos preocupamos em reclamar para alguém a nossa situação?


Deus que é "o refúgio e a fortaleza" (Sl 46) em meio a todas as nossas dificuldades só é lembrado depois de havermos tentado tudo antes.

Onde fica o nosso testemunho quando murmuramos? Como Deus é exaltado pela boca do murmurador? Não foram os murmuradores que ficaram pelo deserto? (1 Co 10.10; Nm 14.37).
Hb 3.8-11 - "Onde vossos pais me tentaram, me provaram,E viram por quarenta anos as minhas obras. Por isso me indignei contra esta geração, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos. Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso."
A escolha é nossa em fazer da nossa boca um poço de bênçãos ou um charco fétido de lodo.

O Cristão e as Seitas

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."
Gl 1.8

Com esta frase, em sua carta aos gálatas, que haviam sido reduzidos pelo judaísmo, Paulo deixa claro que qualquer doutrina que fuja do cristianismo é maldição.

Não será perseguição estudar outras doutrinas?
Não, pois o objetivo de Deus, através da Bíblia, é salvar almas e, segundo a própria Bíblia, essas almas estão a caminho da perdição.
O objetivo deste estudo é proporcionar condições de se detectar uma seita herética.

Quem dera que todas as pessoas fossem como o povo de Beréia (At 17.11), pois, apesar de ser o apóstolo Paulo quem lhes falava, "eles conferiam a sua pregação nas escrituras sagradas", e, por isso, o apóstolo lhes chamou de nobres.
At 17.11 - "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim."
Continua.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Cantar mesmo sabendo das aflições futuras

"E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras."
Mc 14.26

Jesus na ceia sabia o que havia de vir após, sabia de toda Sua luta espiritual no Getsemani, sabia das dores e inquirições de seus opositores diante das autoridades governamentais, sacerdotais e ditatoriais, sabia da dor do chicote, dos murros, dos espinhos, dos cravos, da cruz..., mas ainda assim cantou por conhecer que por Deus o Pai, Ele venceria todas essas coisas!

Será que mesmo sabendo das aflições deste mundo (Jo 16.33) estamos cantando a vitória que temos em Deus (Jo 1.12, Rm 8.37)?

Pense nisso.

Reflexão de Segunda-Feira


Tradução:

"Um lugar onde esquecemos de olhar!"
"A China pode usar o mar para esconder seus submarinos"

Cuidado com as soluções "geniais"!

Boa Semana.

domingo, 10 de setembro de 2017

Devocional do Dia - Fora da Linha

"Se os seus filhos deixarem a minha lei, e não andarem nos meus juízos, se profanarem os meus preceitos, e não guardarem os meus mandamentos, então visitarei a sua transgressão com a vara, e a sua iniqüidade com açoites."
Sl 89.30-32

A desobediência é uma questão séria.

O desobediente conhece o certo e escolhe o errado, tal ato por menor que seja é um princípio de rebeldia.

Rebeldia vem de rebelião, quem escolhe o pecado faz rebelião contra Deus, por isso o pecado separa o homem de Deus.

Rebelião é um questão de caráter e não de conduta; se fosse conduta o erro seria um acidente, mas quando é por escolha é caráter.

O pecado é um ato de rebelião contra a santidade de Deus e contra a santidade não há escape. Podemos até não seguir ou respeitar a autoridade, mas ferir a santidade manifesta a Ira de Deus, que não é castigo, mas a permissão divina para que os males desta terra alcancem os rebeldes como punição.

Jesus veio como sacrifício pacífico, oferta de paz entre nós e Deus levando nossos pecados em Si.

Jesus é a nossa paz com Deus.

Bom dia.

sábado, 9 de setembro de 2017

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Distorção das Escrituras - Mt 11.14

"E, se quereis dar crédito, é este o Elias que havia de vir."
Mt 11.14

Os que defendem a doutrina da reencarnação apontam para esta passagem como respaldo.

Contudo, uma vez que Elias escapou à morte, este não pode sei um caso de reencarnação.

Em Mt 17.3, lemos que o próprio Elias apareceu no monte da Transfiguração. Em Lc 1.17, descobrimos que os judeus estavam esperando um profeta que viesse "no espírito e virtude de Elias"; isto é, alguém que possuísse o Espírito e a autoridade de Deus.

Os espiritualistas e médiuns que passam por transes referem-se a estes versículos como um exemplo de comunicação com os mortos.

Eles não percebem que Elias nunca morreu, mas, na verdade, foi arrebatado ao céu.

Judas 9 sugere que o corpo de Moisés foi provavelmente levado ao céu, colocando-o em uma categoria exclusiva. Embora Jesus possa ter a capacidade de se comunicar com os mortos, esta prática é estritamente proibida para nós (Lv 19.31; 20.27; Dt 18.10-12; Is 8.19; Gl 5.20; Ap 21.8).

Selos

Os selos eram produzidos em muitas formas e tamanhos. O mais antigo é o selo: um pedra ou conta, achatada e gravada, que produzia uma cópia de si mesmo, quando pressionada contra o barro.

Ele foi substituído, aproximadamente em 3000 a.C., na Mesopotâmia, pelo selo cilíndrico.

Desde sua criação, como amuletos, os selos serviam como garantias de proteção. Um selo não rompido provava que o conteúdo não havia sido manuseado nem falsificado, fosse um documento, a porta de um celeiro ou um jarro de vinho. O selo também servia como marca de propriedade ou marca de fábrica.

Ele também era usado para validar documentos (cartas, notas de vendas, documentos do governo). O selo era pendurado por um cordão ao pescoço ou pulso, ou preso a alguma parte das vestes do proprietário (Ct 8.6).

No Novo Testamento, os crentes são "selados" com o Espírito Santo, como sinal de que são uma propriedade especial de Deus (2 Co 1.22; Ef 1.13; 4.30).

Como é bom ser "selado" como uma posse pessoal de Deus.

Fonte:
Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal, pág. 679.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Devocional do Dia - O melhor é o fim

"Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito."
Ec 7.8

Quantos começam tão bem, são bem sucedidos e prósperos.

Altas apostas são feitas sobre os tais, como cavalos em um páreo no hipódromo. Mas questiono a você: "é melhor começar ou acabar bem?".

Iniciativas temos várias, já "acabativas" são poucas, devemos buscar construir uma vida correta como uma semente. Até mesmo as sequoias, maiores árvores do mundo e algumas com mais e 110 metros (!), começam de uma pequena semente para se tornar uma grande árvore.

Seja paciente quanto ao desenvolvimento de sua vida, por mais jovem ou idoso que seja a vida só cessará na morte, enquanto houver vida haverá esperança de crescimento, seja físico, mental ou espiritual.

E para os três tipos de crescimento eu indico Jesus, não há nada melhor para terminarmos bem a nossa vida do que ter Jesus todos os dias no nosso coração.

Bom dia.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

O Cristão e o Mundo

O que é voltar para o mundo?
Voltar para o caminho da perdição (Hb 10.39).
Deixar-se contaminar (2 Rs 2.20-22).
Sobre a sabedoria do mundo
Louca, sem Deus (Rm 1.21).
Terrena, carnal e demoníaca (Tg 3.15).
É mentirosa (Rm 3.4).
É louca para Deus (1 Co 3.19,20).
Não pode contender com Deus (Jo 9.3).

Continua.

Tesouro!

"Ó Timóteo, guarda o depósito que te foi confiado, tendo horror aos clamores vãos e profanos e às oposições da falsamente chamada ciência, a qual professando-a alguns, se desviaram da fé. A graça seja contigo. Amém."
1 Tm 6.20,21

O conselho paulino a Timóteo é que ele, basicamente, não perdesse tempo com bobagens que não conduzem a salvação.

Existe tanta gente preocupada com o lugar de sentar, com a hora de cantar, com chão, com as ofertas, com tudo menos com a salvação.

A salvação em suas cabeças foi o dia que aceitaram a Cristo, se é que alguns O aceitaram um dia...

A salvação é diária, o pensamento na obra de Cristo na cruz em dor e sofrimento terreno para minha glória celeste tem de existir todos os dias.

Paulo chama a atenção de Timóteo para posicionar-se à frente, sim, da batalha teológica em defesa da fé. Se preocupar com o que interessa. Desde os tempos imemoráveis, a verdadeira fé em Deus é considerada alvo de oposição.

Na época de Paulo e da igreja primitiva, alguns dos grandes inimigos da fé eram: os falsos mestres, materialismo, paixões da carne e ciência falsa (magia).

A igreja primitiva sofreu muitas baixas com os ataques do gnosticismo (expressão grega que significa "conhecimento"), corrente de pensamento filosófico segundo a qual as pessoas podem ser salvas mediante o saber.

O que adianta só o saber sobre as Escrituras e não praticar?
O que adianta saber do Salvador e não O viver dia a dia?

O maior tesouro que possuímos é Cristo, pois toda riqueza e bênçãos do céu vem por intermédio Dele, logo ele é o maior tesouro do homem.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

A porta

"E do lado leste, ao oriente, cortinas de cinqüenta côvados. As cortinas de um lado da porta eram de quinze côvados; as suas colunas três e as suas bases três. E do outro lado da porta do pátio, de ambos os lados, eram cortinas de quinze côvados; as suas colunas três e as suas bases três. Todas as cortinas do pátio ao redor eram de linho fino torcido. E as bases das colunas eram de cobre; os colchetes das colunas e as suas molduras eram de prata; e o revestimento dos seus capitéis era de prata; e todas as colunas do pátio eram cingidas de prata. E a cobertura da porta do pátio era de obra de bordador, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido; e o comprimento era de vinte côvados, e a altura, na largura, de cinco côvados, conforme as cortinas do pátio. E as suas quatro colunas e as suas quatro bases eram de cobre, os seus colchetes de prata, e o revestimento dos seus capitéis, e as suas molduras, também de prata."
Êx 38.13-19

"Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens."
Jo 10.9

O tabernáculo tinha somente uma porta (Êxodo 38.13-19). 

Aquela pessoa que desejasse encontrar com a justiça de Deus ou O quisesse agradar com oferta, tinha que passar pela única porta.

A cerca ao redor do tabernáculo impedia qualquer entrada a não ser pela porta.

Não existia outro meio de chegar à presença da glória de Deus senão por essa única porta. Essa porta era estreita (20 côvados = pouco mais de 9 metros) mas larga o suficiente para todos que quisessem entrar e servir Deus conforme a lei.

Não era larga o suficiente para toda e qualquer pessoa trazer tudo que possuía.

Somente a pessoa arrependida junto com seu sacrifício podia entrar.

Jesus se colocou como "a porta", pois não haverá uma maneira de chegar ao céu, na presença de Deus sem que por Ele passemos.

O seu crivo não é físico, mas espiritual. Ele sondará os corações e as intenções. No deserto havia os homens certos para entrar na presença de Deus, hoje é certo que qualquer um por Cristo pode chegar á presença do Pai.

Obrigado Senhor por nos mostrar "o caminho e a porta".

Conselhos Bíblicos